A luta de classes

A luta de classes é um conceito intimamente relacionado ao desenvolvimento do capitalismo.

A luta de classes é um conceito definido pelo filósofo alemão Karl Marx.

A luta de classes é um conceito intimamente relacionado ao desenvolvimento do capitalismo. Trata-se de uma condição social onde pessoas de níveis financeiros muito desiguais coexistem numa situação de desigualdade social e diferenças com relação aos direitos no acesso a serviços básicos para a manutenção da vida, como saúde, educação e habitação.

A expressão luta de classes surgiu com o trabalho do filósofo socialista Karl Marx. Para Marx, o capitalismo criava um confronto entre duas classes distintas: a burguesia e o proletariado.

A luta de classes é baseada numa visão econômica e social. Nesse contexto, as relações de produção e distribuição de bens e produtos geram manifestações na luta de classes, pois os mais ricos têm acesso a uma vida de luxos, enquanto os operários ficam restritos apenas a produzir para o consumo das camadas mais favorecidas da sociedade. Essa situação cria uma realidade de dependência e hierarquia.

Na luta de classes, temos as classes dominantes, como a aristocracia e a burguesia; e os trabalhadores. Assim, é possível notar um antagonismo que, em muitos casos, pode até resultar em conflitos violentos.

Marx dizia que os trabalhadores eram influenciados pela ideologia da classe dominante. Essa é a realidade que vemos até os dias atuais e que desencadeia manifestações contra as diferenças sociais em diversos países do mundo.

Atualmente, a luta do proletariado é encabeçada, principalmente, por sindicatos, que cobram do patrões e dos políticos melhores salários e condições de vida para o trabalhador. A luta de classes é, acima de tudo, uma luta ideológica muito presente em sociedades democráticas.

Veja Também

Psicanálise

Ecletismo Espiritualista

Moralidade

Política Ideal

Pensamento Filosófico Moderno

Epicurismo