Análise Combinatória

A análise combinatória surgiu da necessidade de se calcular as possibilidades nos chamados jogos de azar.

A Análise Combinatória é uma teoria matemática que permite construir grupos com um número finito de elementos. Esses números são alocados em conjuntos.

Essa parte da matemática estuda os métodos de contagem e começou a se desenvolver no século XVI, com o italiano Niccollo Fontana. Outros matemáticos que contribuíram para essa teoria foram: Pierre de Fermat e Blaise Pascal.

Em análise combinatória é comum encontrarmos conjuntos com X elementos. Esses grupos também terão taxas de agrupamento.

Os principais tipos de agrupamento são os arranjos, as permutações e as combinações, que podem ser simples, com repetição ou circulares.

A análise combinatória surgiu da necessidade de se calcular as possibilidades nos chamados jogos de azar.

Veja Também

Fatoração de expressão algébrica

Teorema de Tales

Teorema Fermat

Sinais

História do número zero

Álgebra