Arquétipos

Os arquétipos estão presentes em todas as civilizações e etnias.

Os arquétipos são imagens psíquicas que estão presentes no inconsciente coletivo.

Arquétipo é conceito desenvolvido pelo psicólogo Carl Gustav Jung para descrever um conjunto de imagens psíquicas que estão no inconsciente coletivo. Para Jung, os arquétipos são a parte mais profunda do inconsciente humano.

Os arquétipos estão presentes em todas as civilizações e etnias. Eles se caracterizam por um conjunto de informações inconscientes que levam a uma determinada crença ou opinião. Os arquétipos também estão relacionados aos valores comportamentais.

O conceito de arquétipo é estudado na Filosofia, na Psicologia e na Narratologia. Segundo Jung, “os arquétipos nascem da incessante renovação das vivências experimentadas ao longo de várias gerações”. Os arquétipos envolvem os pensamentos, sentimentos, emoções e atitudes humanas.

Entre os arquétipos mais conhecidos temos a figura materna, a imagem do pai, a criança, o herói e o divino. Pode-se dizer que o primeiro arquétipo construído na mente humana é a imagem de Deus.

Veja Também


Pós-Kantianos

O que é certo e errado?

O que é o tempo?

Cientologia

Moralidade

Dogmatismo