Arte Conceitual

A arte conceitual é uma tentativa de rever a noção de obra de arte da cultura ocidental.

A arte conceitual tem como berço a Europa e os Estados Unidos. Trata-se de uma arte de vanguarda criada no final da década de 1960 e meados da década de 1970.

O termo “arte conceitual” foi utilizado pela primeira vez por Henry Flynt, em 1961. Para a arte conceitual as ideias são mais importantes do que a própria execução da obra, uma vez que o conceito é elaborado antes da materialização.

Para muitos estudiosos, a arte conceitual é uma tentativa de rever a noção de obra de arte da cultura ocidental. Esse movimento prega que as obras devem ser vistas e analisadas como uma ideia ou pensamento.

Os artistas conceituais criticavam a seleção de obras e o mercado da arte, criados pela sociedade de consumo.

Entre os artistas mais importantes desse período, podemos destacar:Willem de Kooning, Robert Barry, Cildo Meireles, entre outros.

Para a arte conceitual, o caráter mental da criação está acima da aparência final de uma obra. Este movimento é considerado contemporâneo.

Veja Também

Artes Plásticas

Origami

Dança

Expressionismo

Impressionismo

Arte Cristã Primitiva