Click EstudanteAtualidadesAtentados na Líbia

Atentados na Líbia

Autor: Click Estudante

Lido: 6275 vezes

Atentados na Líbia

Desde setembro de 2012, consulados internacionais têm sido alvo de milícias na Líbia.

Em 2012, a missão diplomática norte-americana em Benghazi, na Líbia, foi atacada por um grupo fortemente armado. O ataque começou durante a noite em um complexo que serve para proteger o prédio do consulado. Quatro pessoas foram mortas, incluindo o embaixador dos EUA, J. Christopher Stevens.

O ataque foi fortemente condenado pelos governos da Líbia, Estados Unidos e muitos outros países do mundo. Muitos líbios fizeram manifestações públicas contra as milícias que haviam se formado durante a guerra civil da Líbia como oposição ao ditador Gaddafi.

Depois desse ataque, os Estados Unidos aumentaram a segurança de suas instalações diplomáticas e militares.

Inicialmente, o governo líbio disse que o ato tinha todas as características de um ataque terrorista. Eles apontaram para a data de aniversário dos atentados de 11 de setembro de 2001 e para o tipo de armas usadas. Por vários dias depois do ataque a administração Obama reivindicou uma resposta aos ataques.

Depois de alguns dias, o FBI descobriu que o ataque tinha sido de fato premeditado por militantes islâmicos.

Em um relatório preliminar lançado em 23 de abril de 2013, cinco comissões da Câmara Americana escreveram que a administração Obama tinha "voluntariamente perpetuado uma narrativa deliberadamente enganosa e incompleta sobre os ataques”.

Em 2013, outro ato terrorista na Líbia chamou a atenção do mundo: a embaixada francesa na Líbia foi atingida por um carro-bomba, ferindo dois guardas. O carro carregado de explosivos foi detonado em frente ao prédio da embaixada em Tripoli.

As missões diplomáticas têm sido alvo na Líbia desde setembro de 2012. Em Paris, o presidente francês, François Hollande, disse que o carro-bomba atingiu não só a França, mas "todos os países da comunidade internacional envolvidos na luta contra o terrorismo”.

Diante desses ataques na Líbia, os Consulados britânico, italiano e tunisino têm alertado seus cidadãos sobre uma "ameaça iminente" contra estrangeiros no país.

Hoje, a Líbia está tomada por milícias ilegais que utilizam a violência e a luta armada como forma de protesto.

Comentários

Sugestões de Artigos

Atentados na Líbia
Atentados na Líbia

Em 2012, a missão diplomática norte-americana em B...

Análise Sintática
Análise Sintática

A análise sintática, cada palavra da oração é cham...

Células-tronco embrionárias
Células-tronco embrionárias

Células-tronco embrionárias são aquelas que podem ...

Análise da obra Vidas Secas
Análise da obra Vidas Secas

O livro "Vidas Secas" é um clássico entre os roman...

Galáxias
Galáxias

As galáxias contam com milhões de estrelas, astros...

Origem do Homem
Origem do Homem

O homem teria evoluído a partir do hominidae ou ho...

A primeira guerra mundial
A primeira guerra mundial

Essa guerra foi marcada por grandes investimentos ...

Dom João VI
Dom João VI

Ele nasceu em 13 de maio de 1767, em Portugal, dur...

Linguagens de computador
Linguagens de computador

A linguagem utilizada nos computadores para a prog...

Espionagem americana
Espionagem americana

Em 2013, um grande escândalo veio à mídia envolven...

Divisão territorial em Cuba
Divisão territorial em Cuba

A Ilha de Cuba passou por algumas mudanças em sua ...

Benjamin Constant
Benjamin Constant

Benjamin Constant Botelho de Magalhães nasceu no d...

© 2016 - Click Estudante - Pesquisas e Trabalhos Escolares |