Biopirataria

A biodiversidade mundial está concentrada, principalmente, nas áreas tropicais do planeta.

A biopirataria é um crime que movimenta cerca de 10 bilhões de dólares por ano no mundo todo.

Países ricos em biodiversidade têm sofrido com um novo tipo de crime, que recebe o nome de Biopirataria. Essa prática criminosa está baseada no roubo de recursos genéticos ou biológicos encontrados nas maiores florestas e reservas ambientais do mundo.

O Brasil é alvo de biopirataria há muitos anos. Grandes laboratórios farmacêuticos internacionais já retiraram da Floresta Amazônica alguns componentes importantes para a fabricação de medicamentos. Nesses casos, o recurso natural é tirado do país sem autorização e acaba sendo patenteado em outra nação, o que impossibilita o Brasil de explorar e pesquisar seus próprios recursos.

A biodiversidade mundial está concentrada, principalmente, nas áreas tropicais do planeta. A grandeza territorial das florestas tropicais dificulta o combate ao crime da biopirataria.

A biopirataria também é caracterizada pelo contrabando ilegal da fauna e da flora de um país para o outro. Esses recursos são explorados para fins industriais ou medicinais.

Em muitos casos, os contrabandistas se apropriam até mesmo do conhecimento das comunidades tradicionais e nativas das florestas, como os pajés.

Estima-se que o comércio ilegal da flora e da fauna mundial movimente cerca de 10 bilhões de dólares por ano.

Veja Também


Aparelho urogenital

História da Vacina

Ecossistemas Brasileiros

Qual a duração das plantas?

Clonagem de Humanos

Origem da vida no nosso planeta