Como o petróleo e transformado em gasolina?

Após o petróleo bruto ser entregue nas refinarias, começa o segundo processo, que é a extração da gasolina.

A gasolina é extraída do petróleo e, para extrair esse produto essencial para os carros e todo meio de transporte que a utiliza como combustível, é preciso de petróleo bruto que é extraído de poços extraídos da terra e também, dos mares. Antigamente, as maiorias dos poços petrolíferos estavam nos Estados Unidos, contudo, atualmente, os maiores produtores e exportadores do produto se encontram no Oriente Médio.

O petróleo bruto, que é uma mistura de diversas substâncias, tais como: hidrocarbonetos. É levado para as refinarias com a ajuda de caminhões-tanque, navios petroleiros ou através dos oleodutos, onde passam por um processo de refinamento e tratamento, pois para quem não sabe, o petróleo pode ser encontrado em formas mais fluidas ou tão espessas quanto o piche.

Após o petróleo bruto ser entregue nas refinarias, começa o segundo processo, que é a extração da gasolina, para isso são necessárias grandes instalações industriais que são conhecidas como refinarias de petróleo. O processo utilizado para o refinamento é o seguinte: o petróleo bruto é aquecido em um tipo de coluna ou tubo gigantesco, conforme a temperatura vai elevando, as substâncias contidas no petróleo bruto vão se separando, as substâncias que integram a gasolina costumam ferver à 40 e 200 graus Celsius, com isso encontramos a seguinte separação: as substâncias da gasolina ficam no meio de dois outros produtos, acima o gás do petróleo e abaixo o querosene.

O processo passo é tirar a gasolina aquecida através de outros dutos e levá-la para outro tanque, onde recebe outras substâncias derivadas do petróleo. Um exemplo é a gasolina de alta octanagem que recebe um reformador catalítico, para se transformar de baixa para alta octanagem, um tipo de gasolina utilizado em motores de maior performance. O hidrocarboneto é arranjado para uma octanagem superior e que queima de maneira mais limpa. Mas são utilizadas outras substâncias para fazer a mistura correta.

E na última etapa, é observado algumas normas ambientais para dar continuidade ao processo da gasolina, ainda mais nos dias de hoje onde se ouve muito sobre meio-ambiente e preservação. Para isso, algumas substâncias perigosas são extraídas, como por exemplo: éteres, enxofre e o benzeno. A maioria das substâncias contaminadoras são terrivelmente tóxica e sua utilização polui o ambiente.

Depois de todas as substâncias tóxicas serem extraídas e depois de observado todos os cuidados e regras a respeito do produto, a gasolina está pronta para ser utilizada, sendo em veículos ou em qualquer outro lugar que seja empregada.

Veja Também

Polaridade das Moléculas

Saponíficação

Hidrocarbonetos

História da Tabela Periódica

O que são os Átomos?

Platina