Côncavos e Convexos

No estudo físico de um campo óptico, eles estudam a luz e a radiação eletromagnética, visível ou não.

A física tem um campo de estudo chamado óptica. É nele que se estudam a luz e a radiação eletromagnética, visível ou não.

A óptica pode explicar fenômenos como a reflexão, a refração e a difração, além da interação entre a luz e o meio ambiente.

Nesse contexto podemos citar o estudo dos espelhos esféricos, que são toda e qualquer superfície refletora, na forma de uma calota esférica.

O espelho esférico pode ser côncavo ou convexo. Isso vai depender da face onde se encontra a superfície refletora.

Côncavos

Quando a parte refletora do espelho for interna, o espelho chama-se côncavo.

Convexo

Quando a parte refletora do espelho for externa, o espelho chama-se convexo.

No espelho côncavo, a formação das imagens depende da posição do objeto sobre o eixo principal. Se a imagem pertencer ao mesmo semiplano do eixo principal, essa imagem é direita em relação ao objeto. Se isso não acontecer, a imagem é invertida em relação ao objeto.

No espelho convexo, a imagem é sempre formada por um objeto colocado na frente do espelho. A imagem formada será sempre virtual, menor e direita.

Podemos encontrar exemplos de espelhos convexos nos retrovisores dos carros. Já os espelhos côncavos são muito usados por mulheres para maquiagem, pois ampliam a imagem refletida.

Veja Também

Mistério – O dia Escuro

Lei de Coulomb

Efeito Doppler

Supercondutores

Sonar

Força Eletromotriz