Click EstudantePortuguêsConjunções subordinativas

Conjunções subordinativas

Autor: Click Estudante

Lido: 1748 vezes

Conjunções subordinativas

As conjunções subordinativas estabelecem relação de dependência sintática entre duas orações.

Empregamos as conjunções para determinar a união entre orações ou termos de uma oração. A conjunção estabelece uma relação entre orações. No caso das conjunções subordinativas, dizemos que essa relação é dependente. Ou seja, uma oração depende da outra para ser entendida.

Assim, podemos definir conjunção subordinativa como sendo aquelas que ligam orações exercendo uma relação de dependência sintática.

Ex: João disse que não gosta de beterraba.

Nessa oração, o termo “QUE” é responsável por criar uma ligação entre a primeira ideia e a segunda ideia. As duas orações estão ligadas pela conjunção “QUE”.

A segunda oração, “não gosta de beterraba”, complementa o verbo “disse”. A conjunção “que” é o termo que estabelece a relação entre as duas orações. Nesse caso, chamamos “que” de conjunção integrante.

Existem vários tipos de conjunções subordinativas, como veremos abaixo:



Conjunções Subordinativas Integrantes – introduzem orações subordinadas substantivas e fazem uso dos termos que, se, como.

Exemplo: Falei que não sabia do paradeiro da criança.

Conjunções Subordinativas Causais – exprimem causa e fazem uso dos termos porque, como, uma vez que, já que.

Exemplo: Sou grata porque tenho um amigo verdadeiro.

Conjunções Subordinativas Concessivas – exprimem concessão e fazem uso dos termos embora, ainda que, mesmo que, apesar de que.

Exemplo: Apesar de ter estudado, foi mal na prova.

Conjunções Subordinativas Condicionais – exprimem condição ou hipótese e fazem uso dos termos se, desde que, contanto que, caso, se, etc.

Exemplo: Ele será contratado desde que demonstre capacitação para o cargo.

Conjunções Subordinativas Conformativas – exprimem conformidade e fazem uso dos termos conforme, segundo, como, consoante.

Exemplo: Conforme te falei na semana passada, o salário é de R$2000.

Conjunções Subordinativas Comparativas – exprimem comparação e fazem uso dos termos como, mais... do que, menos...do que, assim como.

Exemplo: A vida hoje está mais fácil do que há alguns anos atrás.

Conjunções Subordinativas Consecutivas – exprimem consequência e fazem uso dos termos de forma que, de sorte que, que.

Exemplo: Chorou tanto que adormeceu.

Conjunções Subordinativas Finais – exprimem finalidade e fazem uso dos termos a fim de que, que, porque, para que.

Exemplo: Saímos do trabalho mais cedo para que pudéssemos ver o jogo da Copa do Mundo.

Conjunções Subordinativas Proporcionais - exprimem proporção e fazem uso dos termos à medida que, à proporção que, ao passo que.

Exemplo: À medida que os dias passam, fico com mais saudades.

Conjunções Subordinativas Temporais – indicam tempo e fazem uso dos termos quando, depois que, desde que, logo que, assim que.

Exemplo: Logo que embarquei no ônibus, meu pai me telefonou.

Comentários

Sugestões de Artigos

Conjunções subordinativas
Conjunções subordinativas

No caso das conjunções subordinativas, dizemos que...

Arte surrealista
Arte surrealista

Salvador Dali e o René Magritte foi dois dos forma...

Metabolismo celular
Metabolismo celular

Metabolismo Celular refere-se ao conjunto de todas...

Quais as consequências do Racismo?
Quais as consequências do Racismo?

O racismo, infelizmente, é um comportamento que es...

Existencialismo
Existencialismo

O Existencialismo é uma doutrina que surgiu na Fra...

Tabela periódica
Tabela periódica

Tenha acesso a tabela periódica colorida e preto e...

Análise da obra Dom Casmurro
Análise da obra Dom Casmurro

A obra completa de Machado de Assis está entre os ...

Astronauta
Astronauta

Quase todos os meninos já sonharam um dia em serem...

Os países envolvidos na segunda guerra mundial
Os países envolvidos na segunda guerra m

Os países do Eixo eram a Alemanha, a Itália e o Ja...

A Revolta de Canudos
A Revolta de Canudos

A Revolta de Canudos, ou Guerra de Canudos, foi um...

Consciência
Consciência

Na sociologia, temos dois tipos de consciência: a ...

Armas de destruição em massa
Armas de destruição em massa

As armas de destruição em massa surgiu para fins m...

© 2016 - Click Estudante - Pesquisas e Trabalhos Escolares |