Conservadorismo

Esse pensamento está relacionado a posições político-filosóficas tradicionais e rígidas, contrárias a mudanças abruptas.

O conservadorismo surgiu na Inglaterra, no final do século XVIII.

O conservadorismo é uma postura política e filosófica que tem origem entre o feudalismo e o capitalismo. Esse pensamento está relacionado a posições político-filosóficas tradicionais e rígidas, contrárias a mudanças abruptas.

Os conservadores são contrários a qualquer tipo de revolução e mudanças no poder. Eles acreditam que manifestações populares ameaçam a ordem política.

O conservadorismo surgiu na Inglaterra, no final do século XVIII, criado pelo político Whig Edmund Burke. A ideologia surgiu como uma reação à Revolução Francesa.

O conservadorismo político feudal e absolutista são exemplos dessa corrente. O filósofo anglo-irlandês Edmund Burke, defendia o conservadorismo por meio de discursos contra o ateísmo, o racionalismo e a favor da ordem política tradicional.

Os conservadores também acreditam que as melhores instituições sociais e politicas não são aquelas inventadas pela razão humana, mas sim as que resultam de um lento processo de crescimento e evolução. Para os conservadores não faz sentidos ter projetos universais de uma sociedade ideal.

Veja Também

Crime organizado

Maiores religiões do mundo

Sociologia do trabalho

Fome mundial

A fome no mundo

Consciência