Dança

A dança esteve presente para celebrar nascimentos, mortes, guerras e paz em toda história da humanidade.

A dança é uma expressão artística muito antiga, em que o corpo é utilizado para transmitir uma mensagem. Ela está presente desde os primórdios da humanidade e as primeiras manifestações dessa arte foram estabelecidas em danças destinadas a rituais e comemorações.

Pode-se afirmar que a dança sempre esteve presente para celebrar nascimentos, mortes, guerras e paz. Alguns povos ainda utilizavam essa forma de expressão para agradecer por colheitas ou para trazer bons fluídos no momento da semeadura.

A dança é uma das artes mais antigas da história, até mesmo a Bíblia traz menções à dança. Apesar disso, a dança oscilou durante os movimentos artísticos, como o Renascimento, o Romantismo, e o Expressionismo, e nunca fora considerada uma manifestação artística de muito valor. Até hoje, dançarinos, bailarinos e educadores da dança trabalham pelo reconhecimento dessa expressão artística.

Existem vários estilos de dança, cada qual ligado à cultura e à estética decorrentes do momento em foram criados. Essa expressão está relacionada históricamente entre das três principais artes cênicas da Antiguidade, ao lado do teatro e da música.

Na maior parte dos casos, a dança, com passos cadenciados, estilo e movimentos específicos é associada à música.

Classificação e gêneros da dança:
Quanto ao modo de dançar: dança solo, como solista no balé, sapateado; dança em dupla, como tango, salsa, valsa, e forró; e dança em grupo, como as danças de roda.

Quanto a origem: dança folclórica, como a catira; dança histórica, como o bourré; dança cerimonial; e dança étnica.

Quanto a finalidade: dança erótica, como o can can; dança cênica ou performática, como o balé, dança do ventre, sapateado, dança contemporânea; dança social, como a dança de salão; e a dança religiosa ou profética.

Veja Também


Artes Plásticas

Pós-Impressionismo

Realismo

Expressionismo

Cinema

Arquitetura Bizantina