Dilma - Tortura à Presidencia do Brasil

Dilma Rousseff, atual presidente do Brasil e primeira mulher a ocupar o cargo na história do país, teve uma vida marcada pela militância contra a Ditadura Militar.

Dilma Rousseff, atual presidente do Brasil e primeira mulher a ocupar o cargo na história do país, teve uma vida marcada pela militância contra a Ditadura Militar. Aos 22 anos, Dilma foi presa por agentes da ditadura e foi vítima de tortura.

A prisão aconteceu em 1970. Dilma Rousseff foi levada à sede da Oban - Operação Bandeirante, onde foi submetida a espancamentos, choques elétricos e sessões no pau de arara.

O terror psicológico também foi utilizado contra a presidente. Dilma foi, inclusive, submetida a uma encenação de fuzilamento.

Recentemente, Dilma Rousseff veio a público declarar fatos inéditos sobre sua história pessoal com a Ditadura no Brasil.

Dilma foi presa quando era dirigente da Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, organização que realizava assaltos para financiar ações contra o regime militar.

A história de vida de Dilma Rousseff garantiu a ela uma maturidade política que, hoje, ela emprega no governo brasileiro, com atitudes especialmente pautadas pela democracia.

A identidade do torturador de Dilma Rousseff continua desconhecida.

Veja Também

Coreia do Norte vs Coreia do Sul

Faça seu teste de QI

Caatinga: A pior seca dos últimos 50 anos

Mobilidade Urbana no Brasil

O que é o Estado Islâmico?

Origem das Olimpíadas