Dom Pedro I

Dom Pedro I foi batizado como Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbom.

O imperador Dom Pedro I foi o responsável pela proclamação da independência do Brasil.

Dom Pedro I foi batizado como Pedro de Alcântara Francisco Antonio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbom. Ele nasceu na família de Dom João VI e tornou-se príncipe regente de Portugal no Brasil.

Dom Pedro I nasceu em Lisboa, no dia 12 de outubro de 1798. Ele era filho de Dom João VI e de Dona Carlota Joaquina de Bourbon. Pedro veio para o Brasil em 1808 com a família real, e se instalou na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.

Ao chegar no Brasil, Pedro tinha apenas 9 anos de idade. O Frei Antônio de Arrábida foi seu principal mestre.

Em março de 1816, Dom João foi coroado Rei de Portugal, e Dom Pedro se tornou Príncipe Real e herdeiro direto do trono. Dom Pedro I casou-se com a Arquiduquesa Carolina Josefa Leopoldina, filha do imperador da Áustria, no dia 5 de novembro de 1817.

Dom Pedro I nunca foi fiel à mulher. Ele tinha fama de boêmio e teve filhos com várias mulheres, entre eles sete com a primeira esposa, Dona Leopoldina, uma filha com a segunda esposa, a duquesa alemã Amélia Augusta; cinco com a amante brasileira Domitila de Castro; um com uma irmã de Domitila, Maria Benedita Bonfim; um com a uruguaia Maria del Carmen García; um com Noémi Thierry; um com Clémence Saisset e um com a monja portuguesa, Ana Augusta.

No dia 9 de janeiro de 1822, Dom Pedro I rompeu com Portugal. Em 7 de setembro de 1822, ele proclamou a Independência do Brasil, às margens do riacho do Ipiranga.

Depois disso, Dom Pedro I foi proclamado Imperador Constitucional do Brasil, cargo no qual permaneceu por nove anos.

Dom Pedro I morreu de tuberculose, no palácio de Queluz, no dia 27 de setembro de 1834. Em 1972, seus restos mortais foram trazidos para o Brasil e colocados na cripta do monumento do Ipiranga, em São Paulo.

Veja Também


Eike Batista

Braguinha

Silvio Santos

Josef Stalin

Romero Britto

Samuel Morse