Esquisofrenia

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica considerada endógena, ou que se caracteriza pela perda do contato com a realidade.

A esquizofrenia foi descrita pela primeira vez no final do século XIX pelo psiquiatra alemão Emil Kraepelin.

A esquizofrenia é uma doença psiquiátrica considerada endógena, ou que se caracteriza pela perda do contato com a realidade. Um paciente diagnosticado com a doença normalmente apresenta um olhar distante, uma indiferença com a vida e com as pessoas, além de ter alucinações e delírios.

Um sintoma clássico da doença é ouvir vozes que não existem. Esse tipo de paciente pode ser perigoso para si mesmo e para outros, por isso é necessário que o tratamento seja feito de forma correta e contínua.

A esquizofrenia foi descrita pela primeira vez no final do século XIX pelo psiquiatra alemão Emil Kraepelin. Inicialmente, a doença recebeu o nome de Demência Precoce, pois atingia muitos jovens.

No início do século XX, Eugen Bleuler, psiquiatra suíço, criou o termo esquizofrenia. Hoje, o tratamento da doença é feito com medicamentos modernos, capazes de controlar os sintomas e permitir a reintegração dos pacientes à sociedade e à família.

Aproximadamente 1% da população mundial sofre de esquizofrenia. A doença geralmente começa a se desenvolver na adolescência ou no início da idade adulta.

Nos homens, o início se dá entre os 15 e os 25 anos de idade, e nas mulheres entre os 25 e os 35 anos. A causa da doença é desconhecida, mas pode estar associada a fatores hormonais e ao desenvolvimento cerebral. No Brasil existem cerca de 2 milhões de pessoas portadoras de esquizofrenia.

Os primeiros sintomas da doença são: comportamento hiperativo, desatenção e dificuldades de memória e aprendizado, sintomas de ansiedade, desânimo, desinteresse generalizado e humor depressivo.

Os antipsicóticos, ou neurolépticos, são os medicamentos utilizados no tratamento da esquizofrenia. Eles atuam sobre um neurotransmissor chamado dopamina para controlar os sintomas da esquizofrenia. O tratamento pode durar de 4 a 8 semanas.

Veja Também

Tecidos Vegetais

Células-tronco embrionárias

Saiba o que é Bioética

Parasitismo

Transgênicos

Coagulação do Sangue