Galáxias

As galáxias contam com milhões de estrelas, astros e planetas.

Linha Fina: Astronômos acreditam que existam mais de 100 bilhões de galáxias no universo

As galáxias são gigantescas aglomerações de estrelas, corpos celestes, poeira e gás, que aparecem isoladas no espaço. Nesse tipo de formação, todos os elementos se mantém unidos graças às mútuas interações gravitacionais.

As galáxias contam com milhões de estrelas, astros e planetas. Uma das mais conhecidas por nós é justamente a Via Láctea, galáxia onde está localizada a Terra.

O estudo desses aglomerados é feito por astrônomos. Muitos são os fenômenos que acontecem nas galáxias, como por exemplo a formação e a morte de estrelas.

As galáxias evoluem com os anos por causa de suas composições químicas e suas interações com galáxias vizinhas.

No século XX, o astronômo Edwin Hubble classificou as galáxias segundo suas aparências e as dividiu em espirais, espirais barradas, elípticas e irregulares. Hoje, muitos estudiosos acreditam que as galáxias surgem devido a imensas acumulações de gás e poeiras em determinadas regiões do Universo e em decorrência de suas pressões gravitacionais.

O espaço entre as galáxias está relativamente vazio, exceto pela presença do gás intergaláctico. Também existem grupos de galáxias, estruturas que contam com milhares de galáxias em conjunto.

A nossa galáxia, Via Láctea, pertence ao Grupo Local, e está juntamente com a Galáxia de Andrômeda, entre as maiores do universo.

Podemos dizer que a força da gravidade é a principal responsável pela união dos componentes de uma galáxia. Graças a vários estudos, hoje sabemos que apenas três galáxias são visíveis da Terra a olho nu: a Pequena e Grande Nuvem de Magalhães e a Andrômeda. Em contrapartida, é possível que existam mais de 100 bilhões de galáxias no universo.

Conheça um pouco mais sobre os quatro tipos de galáxias existentes:
Galáxias espirais – contam com extensos braços de estrelas e nuvens de poeira cósmica.
Galáxias espirais – contam com braços de estrelas e núcleo central menos desenvolvido.
Galáxias elípticas – apresentam um grande conjunto de estrelas e pouca poeira cósmica.
Galáxias irregulares – não apresentam forma definida.

Veja Também

Planeta júpiter

Guerra do Golfo: disputa pelo controle do petróleo no Oriente Médio

Acidificação

Rio de Janeiro

Como funcionam os terremotos

Geodésia