Império Romano

O império romano passou por várias dinastias e teve diversos imperadores.

O Império Romano passou por várias dinastias e teve vários imperadores. Otávio foi o primeiro Imperador Romano, entre os anos 27 a.C. a 14 d.C. Seu governo foi marcado pela política do “pão e circo”, pela paz e pela prosperidade.

Depois da morte de Otávio, o Império Romano foi governado pela Dinastia Júlio-Claudiana (do ano 14 ao 68), Dinastia dos Flávios (do ano 69 ao 96), Dinastia do Antoninos (do ano 96 ao 192) e Dinastia dos Severos (do ano 193 ao 235).

No século III, o Império Romano passou pela crise do escravismo, o que causou a decadência das técnicas agrícolas e o fim da expansão romana no Ocidente.

Em 313, Constantino assumiu o poder, estabeleceu a capital do Império na antiga colônia de Bizâncio, rebatizada de Constantinopla. Em 378, uma guerra entre visigodos e romanos deu início a um período de dificuldades.

Em 395, o Império foi divido em Ocidente, governado por Honório, e Oriente, governado por Arcádio. Nesse momento, a expansão do cristianismo já prejudicava o Império Romano.

A queda do Império foi decretada pelos hunos, em 476.

Veja Também


Revolta da Vacina

Consequências da cabanagem

Acidente de Chernobyl

Império carolíngio

A Balaiada

Invenção da Imprensa