Infraestrutura do Brasil para Olimpíadas

O governo brasileiro prepara a cidade do Rio de Janeiro para receber um dos grandes eventos esportivos mundiais: as Olimpíadas de 2016.

O governo brasileiro prepara a cidade do Rio de Janeiro para receber um dos grandes eventos esportivos mundiais: as Olimpíadas de 2016.

Com a escolha do Rio como sede das Olimpíadas, o Brasil precisa investir fortemente em infraestrutura e isso já é apontado como um dos grandes desafios do país.

A cidade do Rio de Janeiro foi escolhida pelo Comitê Olímpico Internacional, que espera que os país cumpra sua parte nesse acordo e realize o melhor evento olímpico dos últimos tempos.

O evento vai alavancar o turismo no Brasil, por isso o governo precisa cuidar para não deixar que essa oportunidade passe. O planejamento dos Jogos Olímpicos 2016 será decisivo para determinar o sucesso do evento.

Alguns investimentos em infraestrutura que serão realizados para a Copa de 2014 também servirão para os Jogos Olímpicos, como os projetos de mobilidade urbana, entre eles metrô, ônibus, estacionamentos, aeroportos, portos e ampliação da rede hoteleira.

As Olimpíadas de 2016 vão custar aos cofres públicos U$S 11,6 bilhões em obras de infraestrutura, cerca de R$ 20,3 bilhões.

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, informou que os números estimados para as Olimpíadas abrangem 100 delegações, 205 países, 300 mil turistas e cinco mil horas de transmissão de televisão. Os Jogos do Rio de Janeiro terão a participação de 10.500 atletas.

Veja Também

Ataque de Boston

Energia nuclear

Sistema de Seleção Unificada: SiSU

Reino Unido saiu da União Européia

Desarmamento no Brasil

Charlie Hebdo – Atentado Terrorista