Max Weber

Max Weber foi um importante sociólogo e economista alemão.

Max Weber é considerado um dos responsáveis pela sociologia moderna. Conheça a história desse importante sociólogo alemão!

Max Weber foi um importante sociólogo e economista alemão. Ele nasceu em Erfurt, na Turíngia, no dia 21 de abril de 1864. Weber ficou conhecido no mundo inteiro por seu livro “A ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”.

Max Weber estudou economia e atuou como professor dessa disciplina na Universidade de Heidelberg. Ele também foi colaborador de vários jornais alemães e realizou muitas pesquisas acadêmicas.

Weber é considerado um dos fundadores da sociologia moderna. Sua obra é destaque ao lado dos ensinamentos de Conte, Marx e Durkheim.

As principais obras de Max Weber são “Economia e Sociedade” e “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”. Ele estudou vários aspectos da religião, e como a fé e o protestantismo contribuíram para a consolidação do capitalismo, principalmente nos Estados Unidos. Weber também pensava que o catolicismo tradicional era prejudicial ao desenvolvimento e à prosperidade econômica dos países.

Max Weber era de uma família de classe média alta, e foi criado num ambiente intelectual. Além de economia, Weber também estudou história, filosofia e direito.

O sociólogo se casou com Marianne Schnitger, em 1893. Depois da Primeira Guerra Mundial, Weber foi viver em Viena, onde criou o curso "Uma Crítica Positiva da Concepção Materialista da História".

O pesquisador se manteve ativo durante toda a vida. Em 1919 ele participou de conferências em Munique e, em 1920, desenvolveu uma grave pneumonia aguda. Max Weber morreu vítima de pneumonia, no dia 14 de junho daquele ano.

Veja Também


Charles Chaplin

Marechal Deodoro da Fonseca

Che Guevara

Nelson Mandela

Samuel Morse

Manuel Bandeira