Negligência Salutar

A negligência salutar foi uma lei introduzida pela Inglaterra no momento que antecedeu a independência dos Estados Unidos.

A negligência salutar foi uma política de abandono adotada pela Inglaterra nas Treze Colônias da América do Norte. Saiba mais!

A negligência salutar foi uma lei introduzida pela Inglaterra no momento que antecedeu a independência dos Estados Unidos. Nessa época, as Treze Colônias inglesas buscavam um processo de independência e se recusavam a atender as exigências mercantilistas da Inglaterra.

Então, a Inglaterra decretou uma política de abandono, ou pouca interferência nas decisões das Treze Colônias. A política de Negligência Salutar passou a garantir mais liberdade econômica e política para os colonos que viviam nas colônias inglesas.

A partir dessa lei, muitos colonos conseguiram ter suas primeiras propriedades familiares para cultivo. Essa política foi regulamentada pela Inglaterra no início do século XVII.

Com essa política, a Inglaterra tornou menos rígidos seus mecanismos de controle na América do Norte, e garantiu certas liberdades que ficaram conhecidas como “negligência salutar”.

O termo está relacionado a todas as vantagens políticas e econômicas que os colonos norte-americanos conseguiram. Depois da negligência salutar, as Treze Colônias passaram a conduzir suas instituições de maneira autônoma.

Essa política abriu os caminhos para o processo de total independência dos Estados Unidos.

Veja Também


TNP – Tratado de Não Proliferação Nuclear

História do Cangaço

Presença Portuguesa na África

A crise do absolutismo inglês

O Brasil na Primeira Guerra Mundial

Os países envolvidos na segunda guerra mundial