O relacionamento de Brasil e Estados Unidos

Essas informações balançaram a relação de Brasil e Estados Unidos a ponto da presidente Dilma ter cancelado uma visita oficial.

As informações do programa de espionagem dos Estados Unidos contra o Brasil balançaram o relacionamento entre os países. Entenda!

O relacionamento entre Brasil e Estados Unidos passou por um momento de indefinição depois que denúncias deram conta de que o programa de espionagem norte-americano tinha acessado informações pessoais da presidente Dilma Rousseff e de seus assessores e ministros. A situação também se complicou quando uma reportagem do Fantástico, da Rede Globo, divulgou que os Estados Unidos teriam espionado também a Petrobras, uma das empresas mais importantes do Brasil.

A presidente Dilma Rousseff classificou o programa de espionagem como uma ameaça à soberania do Brasil e como uma falta de respeito para com o direito à privacidade. Essas informações balançaram a relação de Brasil e Estados Unidos a ponto da presidente Dilma ter cancelado uma visita oficial que faria à América do Norte a convite da Casa Branca.

Historicamente, o Brasil sempre foi um parceiro natural dos Estados Unidos. O relacionamento entre os dois países nunca envolveu dominação, mas sempre aconteceu num espírito de interesses e respeito mútuos. Entretanto, o programa de espionagem dos Estados Unidos aponta o Brasil como uma incógnita dentro dos interesses norte-americanos. Um documento da NSA afirma que o Brasil pode ser amigo, inimigo ou um problema para os Estados Unidos.

A presidente Dilma Rousseff já demonstrou mundialmente sua indignação e preocupação com relação à espionagem norte-americana. Ainda assim, cientistas políticos acreditam que o episódio de espionagem não deve trazer consequências políticas graves para o relacionamento diplomático entre os dois países.

De uma maneira geral, os Estados Unidos têm buscado um distanciamento com a América Latina. Diante disso, é provável que o governo de Barack Obama não esteja realmente preocupado com a opinião que o governo brasileiro pode ter a respeito de seu programa de espionagem.

Nos últimos anos, o Brasil tem sentido uma certa indiferença por parte do Washington e, agora, os dois países podem se distanciar ainda mais. Hoje, a relação entre EUA e Brasil é baseada mais em questões técnicas e mecanismos bilaterais do que em acordos e projetos de interesse comum.

Veja Também

Como passar no concurso público?

Manifestações pelo brasil

Infraestrutura do Brasil para Copa do mundo

Rede 4G no Brasil

Faça seu teste de QI

Meta de erradicação da pobreza no Brasil

Camada do Pré-sal deve mudar o Brasil