Particípio

O particípio pode ser terminado em “ADO” e “IDO”.

O particípio é uma forma nominal do verbo que pode ser flexionada em gênero e número.

O particípio é uma forma nominal do verbo. Ele não apresenta desinência modo-temporal ou número-pessoal. Trata-se, então, de uma forma fixa, que pode ser empregada para todas as pessoas e pode ser flexionada em gênero e número.

O particípio pode ser terminado em “ADO” e “IDO”.

Exemplos: lido, ouvido, falado, escutado, estudado.

Temos dois tipos de particípio: o particípio regular e o particípio irregular.

O particípio regular é o que tem terminações –ado (1ª conjugação) e –ido (2ª e 3ª conjugações). Em muitos casos, essa forma caiu em desuso.

O particípio irregular é o que está mais em uso nos dias de hoje. Ele não está marcado por uma única desinência, mas sim por diferentes desinências.

Particípio Regular – Escrivido, cobrido, abrido

Particípio Irregular – Escrito, coberto, aberto

O particípio também forma tempos verbais compostos. Chegar – Chegado.

O verbo “vir” é uma exceção à regra, e tem particípio especial:

VIR – VINDO (nesse caso, o particípio é igual ao gerúndio)

Veja Também

Fonética e Fonologia

Definição de Período Composto

Aposto

Pronomes de Tratamento

Sujeito inexistente

Descoberta do alfabeto