Placas tectônicas

O planeta terra possui sete placas tectônicas e muitas outras menores chamadas de subplacas.

Uma porção de litosfera cercada por zonas de convergência, zonas de subducção e zonas conservativas é chamada de placa tectônica.
O planeta Terra possui sete placas tectônicas principais e muitas outras menores chamadas pelos especialistas de subplacas.
As placas tectônicas possuem três tipos principais de limites: divergente, convergente e transformante.
Os limites divergentes são cristas em expansão ou margens construtivas. Nesse limite a crosta oceânica está em crescimento, a partir do magma vindo do manto, o que causa o afastamento das placas. As cordilheiras submarinas meso-oceânicas são um exemplo.
Os limites convergentes são zonas de subducção. Assim, as placas se encontram e explodem. Uma mergulha por debaixo da outra.  Um exemplo desse tipo de limite é a fossa Peru-Chile, onde a placa de Nazca está abaixo da placa Sul-americana.
Entre as placas tectônicas principais está a Placa Africana, a Placa Sul-americana, a Placa Indiana, a Placa de Nazca e a Placa do Pacífico.

Veja Também

Hidrografia Nordestina

Europa

Ásia

Pontos Cardeais e Colaterais

Efeito Estufa

Comidas típicas do centro-oeste