Preconceito racial

A sociologia estuda o comportamento humano desde os tempos mais remotos, expondo a existência de uma postura superiro adotada por algumas pessoas.

A Sociologia estuda o comportamento humano e, desde os tempos mais remotos, expõe a existência de uma postura de superioridade adotada por algumas pessoas, que leva ao velho e infelizmente conhecido preconceito racial.

“O preconceito racial é caracterizado pela convicção da existência de indivíduos com características físicas hereditárias, traços de caráter e inteligência e manifestações culturais superiores a outros pertencentes a etnias diferentes”. Os maiores sofredores de preconceito racial na história foram os negros e os judeus.

O preconceito racial, também chamado racismo, é uma violação aos direitos humanos. Desde o tempo da escravidão, o domínio de brancos sobre negros tem escrito uma história de violência e desigualdade.

Mas esse processo não aconteceu apenas no Brasil. O preconceito racial é uma forma de exclusão comum no mundo todo.

Duranta muitos anos, os negros não tiveram direito à educação, à moradia digna e a condições de igualdade perante os brancos. Esse fato começou a mudar, e hoje, políticas afirmativas tentam reparar os erros do passado.





Mas, o fato é que, se as pessoas não mudarem, se o mercado de trabalho e a sociedade não evoluírem para uma realidade igualitária e livre de preconceitos, não serão apenas políticas afirmativas a reparar os anos de crueldade da escravidão.

É preciso que todos saibam que a cor da pele não julga a competência e o caráter de ninguém, e que o Brasil é uma das nações mais miscigenadas do mundo, não havendo espaço aqui para o preconceito racial.

Veja Também

As minorias

Anarquismo

Origem do Bolsa Familia

Sindicato do Brasil

Oligarquia

Prostituição