Reação de empuxo

A reação de empuxo é vista em foguetes, que funcionam baseados na Lei de ação e reação de Newton.

O empuxo gera o impulso necessário para empurrar o foguete para cima.

A reação de empuxo é vista em foguetes, que funcionam baseados na Lei de ação e reação de Newton. Os foguetes têm um projétil que leva combustível que é queimado progressivamente na câmara de combustão. Esse processo gera gases quentes que podem se expandir até serem expelidos por um bocal.

Durante todas essas etapas, ocorre uma reação na parede interna da câmara de combustão. Essa reação recebe o nome de empuxo.

O empuxo funciona da seguinte forma: a expulsão dos gases quentes para fora da câmara de combustão atua para empurrar o foguete para frente.

Para que o foguete entre em órbita, é preciso que ele atinja cerca de 28.440 km/h. Nessa velocidade, o veículo é capaz de escapar da gravidade terrestre.

Para alcançar tal velocidade, o foguete precisa ser o mais leve possível e ter um motor a jato, que expele um fluido capaz de gerar uma força de impulso.

Veja Também


Holografia

Supercondutores

Hidrostática

Campo Gravitacional

Reação de empuxo

Côncavos e Convexos