Reforma ortográfica

No 1º dia de janeiro de 2009 entrou em vigor o acordo ortográfico da língua portuguesa, o objetivo dessa reforma é fazer com que 210 milhões de pessoas falantes do português tivessem o idioma unificad

Em 1º de janeiro de 2009 entrou em vigor o novo acordo ortográfico da língua portuguesa. O principal objetivo dessa reforma é fazer com que cerca de 210 milhões de pessoas falantes do português, em oito países, possam contar com um idioma unificado.

É importante lembrar que esse acordo diz respeito apenas à ortografia, sendo assim, as variações de pronúncias estão mantidas em cada país que aderiu à reforma.
A atual proposta do acordo ortográfico foi inicialmente apresentada em 1990. A Comunidade dos países de Língua Portuguesa é composta por oito países: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

A unificação do português deve auxiliar a inserção dos países que falam a língua na comunidade das nações desenvolvidas e vai facilitar a comunicação entre diferentes nações.
Nesse acordo foram determinadas a eliminação do trema nos hiatos átonos, do acento circunflexo diferencial nas letras "e" e "o" da sílaba tônica das palavras homógrafas, além da extinção do acento circunflexo e do grave em palavras terminadas com "mente" e "z".

Veja Também

Verbos intransitivos

Estilística

Verbo

Pronomes de Tratamento

Função Fática

Imperativo