Surgimento da sociologia

A sociologia tratava de dar uma resposta acadêmica ao desafio da modernidade, com os processos da industrialização, da urbanização e do capitalismo.

A sociologia surgiu num momento de grande efervescência cultural e de grandes transformações sociais. Como disciplina científica, a área apareceu no século XIX, dentro dos contextos históricos da Revolução Francesa (1789) e, posteriormente, da Revolução Industrial (1780 a 1860).

A sociologia tratava de dar uma resposta acadêmica ao desafio da modernidade, com os processos da industrialização, da urbanização e do capitalismo. Essa ciência nasceu em momentos cruciais para a história da humanidade, enquanto as transformações traziam questionamentos fundamentais para o homem e problemas a seres discutidos pela sociedade, como a exploração do trabalho, a mecanização da produção, o aumento da criminalidade, da prostituição e os surtos de epidemias de cólera.

O novo mundo e suas transformações políticas, culturais, econômicas e sociais levaram pensadores e estudiosos a buscarem o entendimento sobre o estado de organização da sociedade que se formava. Os primeiros sociólogos tentavam esclarecer e organizar as mudanças ocorridas no meio social, nos grupos, associações e insituições.

O termo Sociologia foi criado por Auguste Comte, em 1838. A ideia desse sociólogo era unificar a psicologia, a economia e a história, criando uma ciência que estudasse o homem e seu comportamento. A palavra sociologia vem do latim “socius” (associação) e do grego “lógus” (estudo).

As bases dos fundamentos sociológicos foram criadas por Karl Marx, Émile Durkheim e Max Weber.

Veja Também

Como passar no concurso público?

Maiores religiões do mundo

Prostituição

Política internacional

Apartheid

Sociologia da educação

Origem do Bolsa Familia