Click EstudanteBiografiasTarsila do Amaral

Tarsila do Amaral

Autor: Click Estudante

Lido: 2539 vezes

Tarsila do Amaral

Tarsila foi uma artista que mudou os rumos da arte latino-americana.

Tarsila do Amaral foi uma artista brasileira que mudou os rumos da arte latino-americana. Ela foi uma mulher forte, que dedicou sua vida ao trabalho.

As pinturas de Tarsila foram um reflexo perfeito do surrealismo e do cubismo. As cores vivas e as imagens extraordinárias de sua arte foram definidas como uma manifestação brilhante da cultura e do povo brasileiro.

Tarsila do Amaral nasceu em Capivari, São Paulo, em 1 de setembro de 1886. Ela nasceu em uma família abastada de produtores de café. Ela passou a maior parte de sua vida na fazenda.

Tarsila estudou artes em São Paulo e depois em Barcelona, na Espanha. A artista estudou escultura a partir de 1916 com Zadig e Montavani. Em 1920, ela se mudou para Paris e estudou na Academie Julien, com Emilie Renard.

Tarsila voltou ao Brasil em junho de 1922, onde conheceu Anita Malfatti, Oswald de Andrade, Mario de Andrade e Menotti del Picchia. O grupo organizou a "Semana de Arte Moderna", que impulsionou o modernismo brasileiro.

Tarsila se envolveu amorosamente com Oswald de Andrade. Em 1926, eles se casaram e passaram a viajar pela Europa e pelo Oriente Médio.

Entre suas principais obras, temos: "A Negra", “O abapuru”, “São Paulo”, "Lagoa Santa", e "Morro de Favela". Sua grande obra “O Abapuru”, foi pintada em 1928, como um presente para o marido Oswald de Andrade.

Em 1929, Tarsila pintou o quadro Antropofagia, que incluía a figura canibal do Abaporu, juntamente com a figura do quadro "A Negra".

Tarsila teve sua primeira exposição individual em 1929, no Palace Hotel, no Rio de Janerio, e outra no Salão da Glória, de São Paulo.

Em 193o, Tarsila se divorciou de Oswald de Andrade. No ano seguinte, ela passou a namorar o comunista Cesar Osorio.

Tarsila acabou presa por estar envolvida em reuniões do Partido Comunista. Em 1932, ela voltou ao Brasil e começou a escrever colunas sobre artes e cultura para o Diário de São Paulo.

Tarsila faleceu em 1973, com 86 anos de idade, em São Paulo. Antes de morrer, ela teve vários problemas nas costas e ficou confinada a uma cadeira de rodas. Por isso, a artista vendeu seus quadros e doou parte do dinheiro para uma organização administrada por Chico Xavier, o famoso médium brasileiro.

Ela foi enterrada no Cemitério da Consolação, em São Paulo. Tarsila deixou mais de 230 pinturas, desenhos, ilustrações e gravuras.

Comentários

Sugestões de Artigos

Tarsila do Amaral
Tarsila do Amaral

Ela foi uma mulher forte, que dedicou sua vida ao ...

UFC - Universidade Federal do Ceará
UFC - Universidade Federal do Ceará

A Universidade Federal do Ceará é considerada uma ...

O fim da segunda guerra mundial
O fim da segunda guerra mundial

Após a rendição do Japão forças aliadas comemorara...

Análise da obra Macunaíma
Análise da obra Macunaíma

Macunaíma é um dos livros clássicos da literatura ...

Guerra Fria
Guerra Fria

Os principais países do mundo na época, ameaçavam ...

O drama do resgate dos mineiros no Chile
O drama do resgate dos mineiros no Chile

O desmoronamento que deixou trinta e três mineiros...

Ar Rarefeito
Ar Rarefeito

O ar rarefeito é encontrado normalmente em grandes...

Flora do Cerrado
Flora do Cerrado

Arvores baixas com galhos volumosos, folhagem rala...

Formação de novas espécies
Formação de novas espécies

A formação de novas espécies acontece por processo...

Parasitismo
Parasitismo

O Parasitismo acontece quando indivíduos de uma es...

UFG - Universidade Federal de Goiás
UFG - Universidade Federal de Goiás

A universidade está situada no estado de Goiás, e ...

Comidas típicas do centro-oeste
Comidas típicas do centro-oeste

Os estados que formam a região centro-oeste são: M...

© 2016 - Click Estudante - Pesquisas e Trabalhos Escolares |