Click EstudanteBiografiasTarsila do Amaral

Tarsila do Amaral

Autor: Click Estudante

Lido: 2468 vezes

Tarsila do Amaral

Tarsila foi uma artista que mudou os rumos da arte latino-americana.

Tarsila do Amaral foi uma artista brasileira que mudou os rumos da arte latino-americana. Ela foi uma mulher forte, que dedicou sua vida ao trabalho.

As pinturas de Tarsila foram um reflexo perfeito do surrealismo e do cubismo. As cores vivas e as imagens extraordinárias de sua arte foram definidas como uma manifestação brilhante da cultura e do povo brasileiro.


Tarsila do Amaral nasceu em Capivari, São Paulo, em 1 de setembro de 1886. Ela nasceu em uma família abastada de produtores de café. Ela passou a maior parte de sua vida na fazenda.

Tarsila estudou artes em São Paulo e depois em Barcelona, na Espanha. A artista estudou escultura a partir de 1916 com Zadig e Montavani. Em 1920, ela se mudou para Paris e estudou na Academie Julien, com Emilie Renard.

Tarsila voltou ao Brasil em junho de 1922, onde conheceu Anita Malfatti, Oswald de Andrade, Mario de Andrade e Menotti del Picchia. O grupo organizou a "Semana de Arte Moderna", que impulsionou o modernismo brasileiro.

Tarsila se envolveu amorosamente com Oswald de Andrade. Em 1926, eles se casaram e passaram a viajar pela Europa e pelo Oriente Médio.

Entre suas principais obras, temos: "A Negra", “O abapuru”, “São Paulo”, "Lagoa Santa", e "Morro de Favela". Sua grande obra “O Abapuru”, foi pintada em 1928, como um presente para o marido Oswald de Andrade.

Em 1929, Tarsila pintou o quadro Antropofagia, que incluía a figura canibal do Abaporu, juntamente com a figura do quadro "A Negra".

Tarsila teve sua primeira exposição individual em 1929, no Palace Hotel, no Rio de Janerio, e outra no Salão da Glória, de São Paulo.

Em 193o, Tarsila se divorciou de Oswald de Andrade. No ano seguinte, ela passou a namorar o comunista Cesar Osorio.

Tarsila acabou presa por estar envolvida em reuniões do Partido Comunista. Em 1932, ela voltou ao Brasil e começou a escrever colunas sobre artes e cultura para o Diário de São Paulo.

Tarsila faleceu em 1973, com 86 anos de idade, em São Paulo. Antes de morrer, ela teve vários problemas nas costas e ficou confinada a uma cadeira de rodas. Por isso, a artista vendeu seus quadros e doou parte do dinheiro para uma organização administrada por Chico Xavier, o famoso médium brasileiro.

Ela foi enterrada no Cemitério da Consolação, em São Paulo. Tarsila deixou mais de 230 pinturas, desenhos, ilustrações e gravuras.

Comentários

Sugestões de Artigos

Tarsila do Amaral
Tarsila do Amaral

Ela foi uma mulher forte, que dedicou sua vida ao ...

Grafeno
Grafeno

Saiba um pouco mais sobre o que é o grafeno....

UFG - Universidade Federal de Goiás
UFG - Universidade Federal de Goiás

A universidade está situada no estado de Goiás, e ...

Anomalias genéticas humanas
Anomalias genéticas humanas

Anomalias genéticas são doenças causadas em genes ...

Guerra dos Emboabas
Guerra dos Emboabas

Guerra dos Emboadas foi um conflito que aconteceu ...

Ambiguidade
Ambiguidade

Ambiguidade sugere mais de um sentido para uma mes...

Rima
Rima

Rima é ultilizado nas contruções literárias, como ...

Sangue
Sangue

O sangue é um componente importante do sistema cir...

Império sassânida
Império sassânida

A influência cultural proporcionada pela sassânida...

Por que grávidas enjoam?
Por que grávidas enjoam?

Não existem tratamentos para amenizar esses efeito...

Petróleo no Brasil
Petróleo no Brasil

A descoberta do Pré-sal brasileiro abriu uma grand...

O movimento iluminista
O movimento iluminista

Trata-se de um movimento filosófico, político, soc...

© 2016 - Click Estudante - Pesquisas e Trabalhos Escolares |