Astecas

Os astecas falavam o idioma náuatle e se organizavam de maneira hierarquizada.

Os astecas foram uma civilização que existiu na região do México entre os anos de 1325 a 1521. Essa civilização mesoamericana, pré-colombiana, foi destruída por conquistadores espanhóis, sob o comando de Fernando Cortez.

Os astecas falavam o idioma náuatle e se organizavam de maneira hierarquizada. Eles fundaram a cidade de Tenochtitlán e eram governados por um imperador.

A sociedade asteca também era formada por sacerdotes, chefes militares, camponeses, artesãos e trabalhadores urbanos.

Os astecas se destacaram em vários setores, inclusive nas artes, na agricultura e na arquitetura. Eles desenvolveram técnicas agrícolas, construíram obras de drenagem e plantavam milho, pimenta, tomate, cacau, entre outros produtos.

A civilização era politeísta e adorava vários deuses da natureza. A escrita asteca consistia em desenhos e símbolos e eles também desenvolveram conceitos matemáticos e de astronomia.

Na arquitetura, os astecas construiram pirâmides, onde realizavam cultos e sacrifícios humanos.

O império asteca chegou a ter 500 cidades e 15 milhões de habitantes, mas em 1519 a civilização começou a ser destruída pelas invasões espanholas.

Veja Também

Tenentismo

Carta de Caminha

China Comunista

O movimento iluminista

Início do estado de Israel

Império sassânida