Click EstudanteAtualidadesBRICs e a economia mundial

BRICs e a economia mundial

Autor: Click Estudante

Lido: 9998 vezes

BRICs e a economia mundial

A sigla BRICs se refere a quatro países que se destacaram rapidamente na economia mundial nos últimos anos: Brasil, Rússia, Índia e China. O termo foi criado em 2001 por um economista de uma empresa americana especializada no assunto. Os 4 integrantes do BRICs estão com a economia em pleno desenvolvimento. Em artigo de comparação com outras nações, publicado em 2005, economistas chegaram a avaliar a integração de México e Coreia do Sul ao grupo. Porém a economia desses dois países já é considerada mais desenvolvida que a dos BRICs.

A empresa que publicou a tese acredita que os quatro países poderiam dominar a economia mundial em uma projeção até 2050. Em dados, os BRICs possuem 25% das terras do planeta e 40% da população mundial. O PIB é de aproximadamente 18 trilhões de dólares. Em vários outros aspectos analisados, as quatro nações formariam a maior instituição econômica mundial em crescimento e potência.

Os BRICs têm atuado de forma inteligente na política internacional. Amigos e aliados da União Europeia e dos EUA, vários acordos de cooperação estão sendo firmados, tanto no que tange à tecnologia quanto a área comercial.

A teoria da Goldman Sachs prevê que Brasil e Rússia se tornem os maiores produtores de matéria-prima enquanto Índia e China a maior potência de prestação de serviços e produtos manufaturados. Porém, desses quatro países, o Brasil parece ser o único que pode manter todos os elementos econômicos do crescimento.

A equipe da Goldman Sachs tem publicado relatórios com avaliação do crescimento econômico dos quatro países e a integração dos mesmos na economia mundial. O último documento, publicado em 2010, atesta que a China tem condições de ultrapassar os EUA na capitalização de mercado de capital em 2030 e se tornar o maior mercado de ações do planeta. Juntos, os Brics poderiam em 20 anos ser donos de 41% das capitalizações de mercado de todo o mundo.

Outros números já estão alimentando as expectativas de Brasil, Rússia, Índia e China: a revista Forbes divulgou em março desse ano que os quatro países ultrapassaram a Europa em número de bilionários. Por enquanto a diferença é quase que insignificante: de apenas 1. Porém, para os antigos pobres e tidos como emergentes qualquer detalhe faz a diferença. Será que os BRICs já se colocam na posição de “donos do mundo” para 2040?

Comentários

Sugestões de Artigos

BRICs e a economia mundial
BRICs e a economia mundial

Encontre informações do BRIC, economia do brasil e...

As zonas climáticas da terra
As zonas climáticas da terra

As zonas climáticas da terra são divididas em zona...

Ascensão e queda do Império Napoleônico
Ascensão e queda do Império Napoleônico

O Império Napoleônico foi instaurado num momento e...

Anita Garibaldi
Anita Garibaldi

Ana Maria de Jesus Ribeiro, mais conhecida como An...

Fases do Capitalismo
Fases do Capitalismo

O atual sistema econômico e político do mundo, o c...

Negligência Salutar
Negligência Salutar

A negligência salutar foi uma lei introduzida pela...

Números Primos
Números Primos

Os números primos são aqueles que têm apenas dois ...

Anomalias genéticas humanas
Anomalias genéticas humanas

Anomalias genéticas são doenças causadas em genes ...

Matrizes Culturais do Brasil
Matrizes Culturais do Brasil

A princípio o branco europeu, o índio e o negro e ...

Lançamento de Projéteis
Lançamento de Projéteis

O estudo do lançamento de projéteis também é feito...

A Inglaterra do século XVI
A Inglaterra do século XVI

Nesse período, a economia inglesa era baseada na c...

Ar Rarefeito
Ar Rarefeito

O ar rarefeito é encontrado normalmente em grandes...

© 2016 - Click Estudante - Pesquisas e Trabalhos Escolares |