Como funciona o teste de QI?

Depois de muitas pesquisas sobre o que é e como pode se medir a inteligência de uma pessoa.

Quantas vezes você já ouviu a expressão, tem que ter QI? Muitas pessoas nem imaginam o que é o tal do QI. Entenda um pouco o que é e como é medido o nosso QI.

Depois de muitas pesquisas sobre o que é e como pode se medir a inteligência de uma pessoa, foi criado o teste de QI que significa quociente de inteligência e funciona como uma medida padronizada, normalmente encontrada por meio de testes desenvolvidos para avaliar a inteligência de um indivíduo. Essa medida foi criada pelo francês Alfred Binet, depois de muito estudo sobre o assunto. Os primeiros registros históricos que temos sobre o quociente de inteligência vem da antiga China, do ano de 606, onde eram testamos os conhecimentos matemáticos, escrita e obras clássicas para se obter o número de inteligência.

Totalmente diferentes dos diversos testes de Q.I que são facilmente encontrados e oferecidos na internet, o verdadeiro é focado apenas no raciocínio lógico, os testes aplicados por profissionais avaliam diversos tipos de funções, como abstração, linguagem, percepção, planejamento, capacidade de execução e cálculo.

Após os testes, o quociente de inteligência do indivíduo pode ser classificado da seguinte forma:


Acima de 127: Superdotação
121 - 127: Inteligência superior
111 - 120: Inteligência acima da média
91 - 110: Inteligência média
81 - 90: Embotamento ligeiro
66 - 80: Limítrofe
51 - 65: Debilidade ligeira
36 - 50: Debilidade moderada
20 - 35: Debilidade severa
Abaixo de 20: Debilidade profunda

Porem esse tipo de medida é para lá de controversa. Já não é de hoje que muitos cientistas tentam provar que esse teste de Q.I é falho e que uma pessoa pode possuir múltiplos talentos que não podem ser comprovados apenas aplicando o teste, uma vez que a inteligência é muito ampla e difícil de se medir.

Veja Também

Hegemonia

Prostituição

Sociologia Jurídica

Como funciona o Impeachment?

Consciência

As minorias