Consequências da primeira guerra mundial

Por Click Estudante - Publicado em 17/09/2011

Consequências da primeira guerra mundial

Os acordos que foram criados para dar fim aos conflitos da primeira guerra mundial, geraram um clima de rivalidade que se agravou ao longo do período do Entre - guerras. As grandes imposições de multas, impostos e sanções extremamente agressivas não conseguiram restabelecer o equilíbrio político real entre as potencias econômicas, no entanto, serviram para iniciar um novo possível conflito internacional.

Todos os países envolvidos no conflito sofreram conseqüências, no entanto, a Itália saiu frustrada ao não receber os ganhos materiais que acreditava receber, a Alemanha, onde as sanções devido ao tratado de Versalhes foram instituídas, mergulhou em uma decadência econômica com índices inflacionários de valores exorbitantes. E tais efeitos colaterais pós-guerra trouxeram chances para que esses países fossem dominados por regimes nacionalistas extremos e expansões militares.

Em 1919 foi criada pelas potencias vencedoras da primeira guerra mundial, a Liga das Nações ou Sociedade das Nações ou como conhecemos hoje em dia, ONU, que fora idealizada para assegurar a paz mundial, no entanto, não conseguiram cumprir seus intentos. O Japão, para expandir seu poder ocupou Manchúria e os Alemães começaram a descumprir as exigências impostas pelo Tratado de Versalhes e ocuparam a região da Renânia, e por sua vez, os italianos aproveitaram o ensejo para invadir a Etiópia.

A crise econômica gerada pela primeira guerra mundial devastou o sistema capitalista em 1929, sem quaisquer condições de impor seus interesses contras os alemães e italianos, as grandes nações européias começaram a ceder espaço aos interesses dos governos totalitários. Hitler e Mussolini, aproveitando a situação, incentivaram a expansão da indústria de armas e utilizaram a Guerra Civil Espanhola como um pequeno teste para um novo conflito mundial.

Itália, Alemanha e Japão, fortalecidos com a nova política, começaram a planejar os primeiros passos para uma guerra ainda mais terrível e devastadora. A tão sonhada paz escoava pelo ralo das contradições e interesses bárbaros de algumas coligações, impostas pelo capitalismo concorrencial. O ano de 1939 seria o estopim de antigos conflitos que não foram superados com o trágico saldo da Primeira Guerra Mundial.

Calcula-se em 9 milhões o número de mortos e 30 milhões de feridos. As nações envolvidas estavam devastadas e enfraquecidas, ao termino da luta, o nacionalismo agressivo e o imperialismo, que deram os primeiros passos para o conflito, estavam latentes e, como efeito colateral, uma gravíssima crise econômica ameaçava a estabilidade de diversos países.



Links relacionados:  primeira guerra mundial |   guerras |   história das guerras |   consequências das guerras | 

Sugestões para história:

A história do Rio Tietê

As águas eram tão limpas e navegáveis que os bandeirantes no século XVIII o utilizaram como rota....

Categoria: História.
Matéria escolar lida 111 vezes

Reunificação da Alemanha

Desde o final de 1942 os alemães vinham perdendo territórios no norte da África, porém mantinha o controle sobre a Europ...

Categoria: História.
Matéria escolar lida 127 vezes

Conflito Árabe-Israelense

Há décadas, judeus e árabes reivindicam direitos sobre a região da Palestina....

Categoria: História.
Matéria escolar lida 215 vezes

Matrizes Culturais do Brasil

Diz-se de matrizes culturais do Brasil a formação cultural de sua população que ocorreu através da miscigenação de vário...

Categoria: História.
Matéria escolar lida 200 vezes